Boletim Vancouver 2010 - The Final


Edição final retratando o que aconteceu no Torneio Olímpico de Hockey em Vancouver. Primeira, vamos aos confrontos das semi.

Semi-Finais

EUA 6-1 Finlândia
- Se você só viu o primeiro período, parabéns, você teve muita sorte. O EUA fez o chamado "Jogo Perfeito" pois, em apenas 6 minutos já estava 6-0. Devo ter escrito por aqui também, que tinha a sensação que, desde a derrota para a Suécia, a Suomi parou de jogar no torneio. O gol de honra veio no terceiro período com Mietinnen. EUA na final, Suomi para disputa do bronze.

Eslováquia 2-3 Canadá - O Canadá demonstrava que o jogo seria todo seu porém, quase que a zebra muda de cor. O terceiro período começou com 3-0 pro time da casa, gols de Marleau (Shea e Niedermayer) Morrow (Pronger e Getzlaf) e PPG de Getzlaf (Pronger e Perry). Visnovsky e Handzus diminuiram no 3ºP mas não conseguiram empatar o jogo e assim, o Canadá estava indo em busca do ouro.

Disputa do Bronze

Suomi 5-3 Eslováquia - Antes de se iludir com o placar, vamos saber o que aconteceu. No 1ºP a Finlândia saiu com a vantagem no marcador, com o gol de Sami Salo. Tudo parecia se encaminhar para o previsto (isso se o time não tivese dado pane anteriormente na competição) e a Suomi caminhava para ter uma medalha. Entretanto, no 2ºP a Eslováquia aprontou de novo, e virou o jogo para 3-1 com Gaborik, (Marian) Hossa e Demitra, o dois primeiros PPG e o último SHG (o único SHG da competição ...). Parecia que nem mesmo o bronze, ficaria para a Suomi que, até o momento tinha perdido sua maior arma, o Power Play. No 3ºP, ai sim fomos surpreendidos novamente, o time reagiu e o Power Play voltou a funcionar. PPG Hagman 2-3, Jokinen 3-3, PPG Jokinen 4-3. Partindo pro bronze ou nada, os eslovacos tiraram o arqueiro ai o resultado foi: NADA. Gol na rede vazia e bronze para a Finlândia, assim igualando o feito da seleção feminina que também ficou com o bronze em Vancouver.
Parabéns Hossa, vice campeão do bronze.

Final

Canadá 3-2 EUA [OT] - O sonho canadense era: A medalha de ouro em um jogo muto disputado no qual, o mesmo ia para a prorrogação e ai, a estrela de Crosby brilharia, ao fazer o gol de ouro em cima dos ... RUSSOS. É, alguma coisa ficou faltando nisso.
O jogo começou bem truncado, as equipes demoraram muito a ceder um jogador a mais em gelo para a outra. Até que, aos 12 minutos, Toews abriu o placar, levando o Canadá Hockey Place a loucura. Dois minutos depois, a primeira falta do jogo, Tripping de Bobby Ryan. No 2ºP em uma boa jogada de Getzlaf, Perry amplia, diga-se de passagem os Duckers jogaram muito nessa final. Novamente a torcida foi a loucura mas, cinco minutos depois, Kesler diminui o placar. Momento de tensão.
No terceiro período, o Canadá foi administrando o jogo mas sempre tentando converter o terceiro gol até que, nos minutos finais, começou a somente administrar, ai sim fomos surpreendidos novamente, faltando 24.4 para o fim, Parise empata o jogo. Silêncio geral no rink. Nesse momento, havia uma multidão pronta para comemorar do lado de fora do CHP.
Quando as equipes voltaram para jogar a prorrogação, o Canadá pisou no gelo ao som de Don't Stop Believin', seria isso um sinal?
Foram 7 minutos de muita tensão, em quase os canadenses ficavam com a prata até que, 40 sgeundos após os 7 minutos jogados, Ingila passa para Crosby na esquerda, o mesmo apenas domina, vira e coloca o puck no fundo do gol. Sim. Crosby esteve discreto no Torneio e mesmo assim, anotou o gol do ouro. O sonho canadense estava feito, mas com a vítima trocada. (Crosby 2-0 Ovechkin)
Com isso, também se repetiu as medalhas do feminino no masculino, Suomi com o bronze, EUA com a prata e o Canadá com o ouro.

Nossos representantes e curiosidades

O Ducks tornou-se o time que mais teve medalhistas na história da NHL, o recorde era do Sharks que teve 5 jogadores ganhando medalhas nos Jogos, o Ducks superou essa marca tendo 7 atletas ganhando medalha. Penguins (98) e Red Wings (02), também conseguiram 7 jogadores medalhistas em edições passadas.

O time também teve atletas vencedores nos últimos 3 torneios (Kariya 2002, Pahlsson, 2006, Niedermayer, Getzlaf, Perry em 2010), o Ducks juntou-se a Philadelphia Flyers e Vancouver Canucks como os únicos times da NHL a ter medalhistas de ouro nos últimos 3 torneios (2002-2010).

Ducks, Dallas Stars e Philadelphia Flyers são os únicos times da NHL a ter multiplos medalhistas nos últimos 4 torneios Olímpicos com NHLers (1998-2010).

O Ducks também se tornou o segundo time da NHL a ter jogadores ganhando multiplas medalhas de cada cor em torneio Olímpico (2002 Red Wings, 2 ouros, 2 pratas, 3 bronzes).

Os jogadores do Ducks ganharam 15 medalhas em 4 torneios Olímpicos com NHLers, perdendo apenas para o Detroit Red Wings (16). New York Rangers também tem 15. Veja a lista do Ducks:

Ouro = 5 (Paul Kariya com o Canadá em 2002; Samuel Pahlsson com a Suécia em 2006, Ryan Getzlaf, Scott Niedermayer e Corey Perry com o Canadá em 2010)

Prata = 5 (Mikhail Shtalenkov e Dmitri Mironov com a Russia em 1998; Teemu Selanne com a Finlândia em 2006, Bobby Ryan e Ryan Whitney com o EUA em 2010)

Bronze = 5 (Teemu Selanne com a Finlândia em 1998 e 2010; Oleg Tverdovsky e Ilya Bryzgalov com a Russia em 2002; Saku Koivu com a Finlândia em 2010)

Em ua primeira participação em Jogos Olímpicos, Corey Perry registrou 4-1=5 pontos com +3 em Plus/Minus em 7 jogos, levando o ouro com o Canada. Empatou em segundo lugar na artilharia do torneio, e marcou o segundo gol da final.

Ryan Getzlaf ajudou o Canadá a conquistar o ouro, registrou 3-4=7 pontos em 7 jogos. Empatou como segundo maior pontuador do Canadá na edição do torneio. Getzlaf marcou 1-2=3 pontos na vitória do Canadá por 7-3 contra a Russia nas quartas-de-final.

O capitão Scott Niedermayer conseguiu 1-2=3 pontos com +2 Plus/Minus em 7 jogos e o ouro.

Bobby Ryan e Ryan Whitney conquistaram suas primeiras medalhas olímpicas em Vancouver (prata). Ryan registrou 1-1=2 pontos com 2 PIM e +3 Plus/Minus. Seu gol na vitória contra a Suíça por 3-1 foi o primeiro gol do torneio masculino em 2010.

Teemu Selanne tornou-se o maior pontuador da história do torneio Olímpico (mesmo sendo discreto em 2010) somando ao todo 20-17=37 pontos em 31 jogos). Superando assim Valeri Kharlamov (Russia), Vlastimil Bubnik (antiga Tchecoslováquia) e Harry Watson (Canadá). Selanne agora tem 3 medalhas olímpicas na carreira: (prata em 2006, bronze em 2002 e 2010). Agora Selanne é A Lenda. MITO

Com a medalha de bronze conquistada em Vancouver, o capitão Saku Koivu juntou-se aos companheiros de time Jere Lehtinen e Ville Peltonen com o recorde de maior medalhista de todos os tempos no torneio Olímpico masculino de Hockey, com 4 medalhas. Vladislav Tretiak (USSR) e Jiri Holik (Tchecoslováquia) também têm 4 medalhas. Koivu, Lehtinen e Peltonen cada um possuí 1 prata e 3 bronzes.

Em 5 jogos, Jonas Hiller teve 2-2-1 com a Suíça, regsitrando 2.47 GS e 91,8% Defesas. Suas 146 defesas o tornaram o terceiro melhor goleiro da competição.

O prospeto Luca Sbisa participou dos 5 jogos da Suíça no torneio.




4 comentários:

Bruno Sader disse...

KOIVU MITO!
SUPREMO!
ETERNO CAPITÃO!
VOLTA KOIVU VOLTA

Fernnando disse...

Hiller catou demais mesmo

#27 Alcir Leandro disse...

realmente hiller foi um monstro nessas olimpiadas..
mais o mestre de todos mestre, scott niedermayer, ta com o ouro kkkk

abraços

Igor Veiga disse...

O BRONZE É NOSSO!

SUOMI!!!

Postar um comentário