Teemu Selanne - Parte 2


Selanne teve algumas temporadas recentes que indicaram que sua técnica está em declínio. Em 2003, ele e Paul Kariya assinaram contratos a preço de banana com o Colorado Avalanche, pela chance de ganhar um título. Ainda assim, a química não funcionou. Selanne marcou apenas 32 pontos em 78 jogos, e os Avs não conquistaram o título. Quando Selanne voltou ao Anaheim em 2005, parecia quase um gesto de pena para um veterano encerrar sua carreira onde ela começou. Ao invés disso, Selanne marcou 40 e 48 gols respectivamente em suas duas últimas temporadas e foi a única ameaça constante dos Ducks no ataque.

Nessa segunda parte veremos sobre a volta de Selanne ao Ducks, então vamos ao que interessa.

Mighty Ducks/Anaheim Ducks (2005 - presente)

Selanne assina por 1 ano com o Ducks no dia 22 de Agosto de 2005. Para muitos era como que Selanne após seus maus momentos nos aos anteriores quizese acabar sua carreira no time em que teve mais história e porque não, sua melhor forma. Isso erao que todos viam menos um grupo, esse grupo era a torcida que acreditava na volta do vélho Teemu ao gelo. Bem sabemos como essa história acaba né?
Voltando a 2005, com contrato assinado e recuperado do seu joelho, Selanne liderou a equipe em 2005/06 apesar de não estar jogando com Kariya marcou o equivalente a época que formaram o Best Duo. Na temporada Selanne registrou: 40 gols e 50 assistencias no total de 90 pontos em 80 jogos.

No dia 30 de Janeiro de 2006, Selanne chegou ao seu miléssimo ponto na NHL, com seu segundo gol no jogo contra o Los Angeles Kings (nota: eles sempre são vitimas dos grandes feitos de nossas estrelas) tornando-se o 70º jogador na história da NHL a atingir a marca e o 7º jogador europeu a atingi-la.

Após a temporada 2005/06 Selanne "volta" a ser jogador de elite da NHL, quando tornou-se vencedor do troféu Bill Masterton, trófeu dado ao jogador dedicado a NHL, com espirito esportivo e por dar a volta por cima.

Selanne recebeu 3.75 milhões para extender sue contrato por mais uma temporada, agora pelo novo Anaheim Ducks, após ter decidido seguir a carrera em vez de pendurar o patins e com isso, Teemu largou a camisa 13 e voltou a assumir a 8 (a camisa mágica e como disse no inicio, sabemos o fim da história)



Selanne chegou ao seu gol 500 no jogo contra o Colorado Avalanche e com isso, Selanne seguiu os passos de Jari Kurry como o único jogador Finlandês a marcar 500 gols atuando na NHL. No dia 26 de Novembro de 2006 no jogo contra o Calgary Flames, Selanne marcou seu ponto de número 600 como jogador do Ducks.

No dia 31 de Dezembro de 2006 Selanne realizou seu jogo 1000 contra o Minnesota Wild. Em 7 de Fevereiro de 2007 contra o San Jose Sharks, Selanne marcou seu gol de 524 e assim, empatando em gols com Bryan Trottier na 27ª posição da lista dos Artilheiros da NHL em todos os tempos. Mas o Finnish Flash não ia parar por ai e acaba passando Trottier em gols no dia 15 de Fevereiro no jogo contra o Phoenix e na platéia estava seu pai Ilmari (os pais de 18 jogadores do Ducks estavam no público e o pai de jogador de lei estavam nesse jogo como parte de uma experiencia realizada pelo clube).

No dia 10 de Janeiro de 2007, Selanne soube de notícias nada boas sobre um amigo seu que estava gravemente doente. "Hoje, ele descobriu que o cancêr se espalhou para o cérebro", disse Selanne. "Eu acho que ele não tem muito tempo, então eu lhe disse que se eu marcar um hat-trick irei guardar o puck. Eu disse a ele que as chances não eram muito boas para acontecer. Obviamente era um dia realmente triste, mas o que você vai fazer? A vida não é justa por vezes." No dia seguinte contra o Dallas Stars, marcou o hat-trick, seu 19º hat-trick, o último havia sido 6 atrás. Anaheim ganhou o jogo por 5-1.

Selanne empatou com Kariya em números de gols com a camisa do Ducks com 300 gols no dia 17 de Fevereiro, quando ele marcou um Power Player Goal (time com 1 a mais no gelo) no jogo contra quem? Adivinha. Sim eles mesmo, Los Angeles Kings (eu avisei nos paragrafos acima hehe) e em pleno Staples Center. Na noite seguinte, no segundo jogo consecutivo contra o Kings mas esse no Honda Center, Selanne chegou ao gol 301 ao marcar em Power Play e assim assumiu sozinho o posto de maior goleador da história do Ducks.

Com 2 gols contra o Vancouver Canucks no dia 11 de Março de 2007, Selanne tornou-se o primeiro jogador com mais de 35 anos a atingir a marca de 40 gols numa temporada. Os 2 gols foram ambos em Power Play (pode se dizer que é especialidade de Teemu desde que voltou a Anaheim) e fizeram com que Selanne empatase em gols com Frank Mahovlic (que está no Hall da Fama) na lista de maiores goleadores da NHL em todos os tempos com 533 gols na 26ª posição. Com seus 107 gols em Power Play com a camisa do Ducks, empatando com Paul Kariya como maiores goleadores da história do clube em Power Play Goals. Porém, no dia 16 de Março Selanne se isola na ponta ao marcar um PPG na vitória contra o Chicago Blackhawks. Os dois gols marcados por Selanne contra o Blackhawks, deixaram-no como dono da 26ª posição dos maiores goleadores da NHL, assim Teemu desempata com Mahovlich.

Selanne completou a temporada regular com 48 gols (terceiro melhor da liga) e tornou-se o primeira jogador na história da NHL com mais de 35 anos a marcar 40 ou mais gols em temporadas consecutivas. Ele também foi lider da NHL em PPG com 25 tentos igualando o recorde do clube na temporada 1998/99.

Com uma assistencia para o gol de François Beauchemin no jogo 2 de abertura da série contra o Minesota Wild nos Play-offs no dia 13 de Abril, Selanne chegou ao 30º ponto em jogos de play-offs com a camisa do Ducks, estabelecendo assim um novo recorde na franquia. O Ducks derrotaria o Ottawa Senator em 5 jogos na Final da Stanley Cup, dando ao time e a Selanne sua primeira Stanley Cup, finalmente Teemu alcança sue objetivo.

"Teemu Selanne estava sobre a linha vermelha, tentando falar palavras que não saíam. Ele abraçou sua esposa, Sirpa, lutou contra uma leva de lágrimas, virou-se para Pierre Maguire, repórter de campo da NBC, e lá veio… nada. Foi necessário um segundo esforço, aquele que deu a Selanne uma segunda vida em Anaheim, que transformou emoções em palavras. "Às vezes, eu pensava que isso nunca iria acontecer", disse. Selanne levou 15 temporadas, muitas delas jogadas em um nível estelar, para levantar a Copa Stanley pela primeira vez, depois que seu Anaheim Ducks passou a régua no Ottawa Senators com a vitória por 6-2 na quarta-feira. Maguire quis saber se o troféu de 16 kg pareceu pesado ou leve. "Bem pesado, na verdade", respondeu Selanne. "Que sentimento inacreditável. Eu esperei tanto por isso."

Selanne pensou em se aposentar após a conquista da Copa, era sua vontade aosentar no auge mas Selanne ficou até o fim do ano pensando sobre isso até que no dia 28 de Janeiro de 2008, Selanne diz ao jornal Finlandês Iltalehti que continuaria jogando e assim assina uma extensão de seu contrato com o Ducks para jogar a temporada 2007/08. No dia 12 de fevereiro, Selanne empata com Kariya em pontos marcados na história do clube, após ter marcado um gol contra o Colorado Avalanche. No dia 17 Selanne passa Kariya ao marcar seu 670º ponto no jogo contra o Calgary Flames. No dia 24 Selanne chega ao 20º hat-trick na carreira no jogo contra o Chicago Blackhawks, aumentando seu total de gols marcados na carreira para 546 gols e assim, chega na 25ª posição da lista de maiores goleadores da NHL empatando com Maurice "Rocket" Richard. Selanne também foi nomeado como "Primeira Estrela da Semana" na semana que se encerrou em 24 de Fevereiro. No mesmo jogo Selanne chegou a sua assentencia de número 600 na carreira.

No dia 28 de Setembro de 2008, Selanne assina um novo contrato por 2 anos recebendo 5.25 milhões.

No dia 29 de Outubro, como presente de aniversário meu, vêemos Selanne anotar seu 21º hat-trick na carreira, o maior entre jogadores em atividade, e um novo recorde no clube com 12 hat-tricks na carreira. Todos os 3 gols foram em Power Play no jogo contra o Detroit Red Wings, o Ducks venceu por 5-4. Selanne fica a dois hat-tricks de igualar a marca de Jari Kurri, que marcou 23.

19 de Dezembro de 2008, Selanne sofre uma lesão muscular após receber uma "trombada" de Denis Grebeshkov do Edmonton Oilers. No dia 28 de Janeiro de 2009, Selanne volta da lesão no jogo do Ducks contra o Blackhawks, o Ducks perdeu o jogo por 3-2 mas Selanne chegou a 27 pontos com 13 gols e 14 assistências.

16 de Abril, o Ducks chega aos play-offs com a última vaga e nas duas últimas rodadas, duas partidas memoráveis pro pessoal do Honda Center Brasil.
Primeira rodada o Ducks encara o favorito Sharks, embalados pela conquista do Presidente. Bem a série acaba em 6 jogos no qual o Presidente do Sharks parece que era conhaque...e Anaheim vence a série por 4-2. Selanne contribuiu com 1 gol e 1 assistência, algo importante a lembrar que nos Play-Offs Selanne demorou para despertar a fera. Na rodada seguinte veio o Red Wings, novamente favoritos mas, sofreram para nos derrotar em 7 jogos e sem ser clubista, fomos a única equipe a dar trabalho para eles no PO. Selanne marcou 3 gols e 1 assistência nessa série.

Em 27 de Junho de 2009, Selanne anuncia: "Volto para minha última temporada". É torcedores a temporada 2010 é a despedida de Selanne dos rinks e será sua última chance de ganhar o ouro olimpico ano que vem, bem demorou 15 anos e sua Stanley Cup chegou, por que sua medalha também não poderia chegar? Saberemos.

Na próximo e última parte, a carreira internacional e seus números, até lá!

3 comentários:

telerin disse...

renan..maravilhosa materia...
putz..selanne eh o kara...a camisa dele tem q ser eternizada no honda center...
se Deus quiser nessa ultima temporada, ele vai ganhar mais uma stanley pra gente e de kara vai ser campeao olimpico...
abraços

alcir leandro

Tiago Elias disse...

concordoo com meu tiii....
parabennss pelas duas materiass...
tbm axo que a camisa dele deve ser eternizada, alem da do niedermayer clarooo..........
tomarraa q vc ganhe a stanley cup ao lado do koivu....

Abraçao

Tiagoo

Juan Valencia disse...

Com certeza vão aposenta a camisa dele, tem que aposentar.

Ótima máteria!

Postar um comentário