Análise da Temporada 2010 - 2011

Enfim chegamos aos playoffs. E enquanto não começam os jogos, vamos a análise da temporada.


Terminamos a temporada na 4ª colocação da conferência com 99 pontos, 2º na divisão do Pacífico e 9º no geral.
Foram 47 vitórias, 30 derrotas e 5 derrotas no shootout.
Marcamos 239 gols e sofremos 235.
Vencemos 26 jogos em casa. Só o Canucks ganhou mais que o Ducks em casa.

Grande Final: Com 20 jogos restantes, o Ducks tinha (32-25-5) com 69 pontos e era o 11º na Conferência Oeste. Tivemos 15 vitórias e 5 derrotas nos últimos 20 jogos, subindo ao quarto lugar no Oeste, durante esses, Corey Perry liderou a NHL em gols e pontos (19-12 = 31 com +12). O Ducks teve (29vitórias-13derrotas-1derrotas shootout) nos últimos 43 jogos.

Playoffs: Garantimos uma vaga nos playoffs pela quinta vez nas últimas seis temporadas da NHL. É a 8ª vez que vamos aos playoffs (1997, 1999 , 2003, 2006-2009, 2011). Ganhamos 7 rodadas de playoffs desde 2005-2006, apenas Detroit (10) e Pittsburgh (8) ganharam mais.

Pontos:  O Ducks foi o único time da NHL com 4 jogadores marcando mais de 70 pontos (Canucks teve 3). Ducks e Sharks foram os únicos time com 5 jogadores marcando mais de 60 pontos. Essa lista inclui Corey Perry (98), Teemu Selanne (80), Ryan Getzlaf (76), Bobby Ryan (71) e Lubomir Visnovsky (68). O Ducks também foi o único time da NHL com 3 jogadores com média superior a 1 ponto por jogo (Perry, Getzlaf e Selanne).
Nos últimos 16 jogos, A Big Line (Perry, Getzlaf e Ryan) combinou 26 gols e 45 assistências = 71 pontos e +41. Depois do retorno em fevereiro, Getzlaf marcou 39 pontos, sendo o 2º em pontos na NHL desde então.


Corey Perry venceu o Maurice “Rocket” Richard Trophy de artilheiro da liga com 50 gols e concorre ao título de MVP. Também liderou a liga em Gol-Winner-Gol (11). Terminou em 3º em numero de pontos (98) e 4º em Power-Play-Gols (14) e Shorthanded-Gol (4). Foi ainda o 2º entre os forwards em tempo de gelo com média de 22:18.

Lubomir Visnovsky foi o líder em pontos entre os defensores (60) e o líder em assistências (50). Se tornou o defensor do Ducks com maior número de gols numa temporada (18). Record pertencia a  Olausson (16), na temporada 1998-1999. É candidato ao Norris Trophy de melhor defensor da liga.
Tony Lydman foi o 2º geral na liga em (+/-) com 32. Foi o líder da liga em (+/-) jogando em casa com +28. Ele teve (+/-) zero ou positivo em 65 dos 78 jogos, e foi o 6º em block shots (178).

George Parros foi o jogador com maior número de brigas, 26.

Teemu Selanne marcou 31 gols e 49 assistências (31-49=80 pontos) em 73 jogos. 25 dos 31 gols foram gols de empate ou pra dar a liderança ao time. Foi o 3º em Power-Play-Gols (16). Apenas 2 jogadores na história da NHL com 40+ anos fizeram mais pontos que ele numa temporada (Gordie Howe(103) e Johnny Bucyk(83)). Selanne marcou pela 10ª vez na carreira 30+ gols.
No dia 28 de março contra o Colorado ele se tornou o 1º jogador da história com mais de 40 anos a marcar 3 gols e 2 assistências num jogo. Selanne também se tornou o 1º jogador da NHL a marcar 4 gols de empate com menos de 3 minutos pro fim dos jogos.
Selanne terminou a temporada em 14º na história com 637 gols, empatado em 48º na história com 703 assistências, 27º na história com 1340 pontos e empatado em 6º na história com 236 Power-Play-Gols.

Ryan Getzlaf manteve a média de mais de 1 ponto por jogo e comandou muito bem como capitão do Ducks. Terminou em 4º com mais assistência e não fosse a lesão, poderia acabar em primeiro. Teve 35 Penalty-Minutes, bem abaixo da temporada passada quando teve 79 (Reflexo da liderança e exemplo como capitão).

Bobby Ryan marcou 34 gols e foi o 2º artilheiro do time. 

Cam Fowler quebrou o record do Ducks de assistências, gols e pontos para um novato ao totalizar10 gols, 30 assistências e 40 pontos. No dia 21 de fevereiro, Fowler se tornou o segundo defensor mais jovem a marcar um gol no OT. Fowler foi o 2º jogador mais novo a atuar pelo Ducks com 18 anos, 10 meses e 3 dias.


Jonas Hiller liderava a liga em Saves e estava entre os 3 melhores em shootout em %Saves quando se machucou. 2 chutes acertaram o puck na cabeça de Hiller na mesma semana, e mesmo a proteção não foi suficiente para evitar a lesão. Desde então ele sofre com vertigens muito fortes.


Ray Emery e Dan Ellis substituiram muito bem Jonas Hiller, e mostraram que estão prontos pra substituir nosso goleiro nº 1 enquanto ele não se recupera.






2 comentários:

Renan "Rucchin" Pinheiro disse...

Selanne praticamente um "garoto" esse ano. Espero que ele já comece ligado no PO, garantindo ainda mais nossas chances para ganhar mais uma Stanley!

#27 Alcir Leandro disse...

o time ta jogando muito... selanne nem se fala, perry vixe, getzlaf o "C" caiu bem demais pra ele. to muito animado com esses playoffs..temos tudo para fazer bonito nesses playoffss...
gogogo ducks..

tem q ter radio antes de começar os playoffs uai.

Postar um comentário