Muito Obrigado Por Tudo, Giguere!

Após a assinatura de Jonas Hiller por 4 anos, se ponderava com o que seria feito com Jean-Sebastien Giguere. Se falava em recindir se contrato no fim desta temporada, encarar mais uma temporada com dois bons goleiros que agora iam comer mais de 10 milhões no teto salarial dos Ducks ou então troca-lo para alguma equipe que precisasse de um bom goleiro que está em má fase e na próxima temporada  vai ganhar 7 milhões.

Ao lado de Selanne e Scott, Giguere é sem dúvida um dos jogadores mais respeitados da equipe tanto pela diretoria quanto pelos seus torcedores e demais jogadores, seja pelos seus feitos (o melhor goleiro da história dos Ducks), pelo seu caráter ou pelos jogos estelares que ele teve de baixo das traves do Arrowhead Pond/Honda Center nesses 10 anos de carreira pelos Ducks por esse grande goleiro.

No dia de hoje, Giggy desistiu de sua "no-trade clause", cláusula que não deixaria o jogador ser trocado para outra equipe até que seu contrato fosse cumprido em Anaheim. Então Bob Murray realizou uma troca com Brian Burke, nosso grande conhecido ex-gerente geral que agora trabalha no Toronto Maple Leafs. Giggy foi mandado para Toronto, lugar que sofre há bastante tempo por não ter um goleiro decente para carregar a equipe em uma das grandes cidades hoqueísticas do Canadá. Os Ducks receberão o goleiro Vesa Toskala (que está no último ano de seu contrato) e o atacante Jason Blake.

Giguere começou sua carreira na liga sendo draftado pelo Hartford Whalers (atual Carolina Hurricanes) na primeira rodada (13ª escolha geral) do draft de 1995. Giggy fez sua estréia na liga no ano de 97, quando jogou oito partidas pelos Whalers. No ano seguinte, o jogador foi envolvido em uma troca e enviado para o Calgary Flames. Lá, Giggy jogou apenas 32 partidas com o time principal em duas temporada, passando grande parte do tempo atuando no time afiliado dos Flames na AHL. Em 2000, novamente trocado, dessa vez para o Anaheim Mighty Ducks, Giguere rapidamente pegou o posto de goleiro reserva do então estelar Guy Hebert. Na temporada 2001/02, Giguere jogou sua primeira temporada completa pelos Ducks, tendo grandes estatísticas (média de gols sofridos de 2.13 e .920 em índice de defesas) em 53 jogos. Apartir daí, começava um novo marco na história do clube. Em 2003, Giguere levou nas costas a melhor equipe dos Ducks até então, guiando a equipe até a final da Copa Stanley onde infelizmente perdemos no jogo 7 para a grande equipe dos Devils que também era carregada por um grande goleiro: Martin Brodeur. Mesmo perdendo, Giguere ganhou o troféu Conn Smythe, dado ao jogador mais importante para sua equipe nos playoffs. Na temporada 2004/05, os Ducks não foram bem, ficando fora dos playoffs, mas Giggy teve estatísticas respeitáveis, visto que não tinhamos um bom plantel. Após o locaute que cancelou a temporada 2004/05, os Ducks apostaram bem e trouxeram bons nomes. A equipe foi fundo aos playoffs mas perdeu nas finais de conferência para o Edmonton Oilers do então Oiler, Chris Pronger. A próxima temporada chegou, Brian Burke trouxe peças chave para a equipe e o descorimento de três grandes garotos (Penner, Getzlaf e Perry) fez de 2006/07 a melhor temporada da história da equipe. Giguere foi peça fundamental daquela equipe, principalmente nos playoffs, onde dessa vez ninguém parou os Ducks, que consagraram-se campeões da Copa Stanley. Scott Niedermayer levou o troféu de melhor jogador nos playoffs indiscutivelmente, mas se esse título tivesse caído nas mãos de Giguere não seria uma má decisão, visto que Giguere teve grandes atuações, principalmente nas finais de conferência onde Giguere calou os torcedores de Detroit. Na temporada 2007/08, Giguere e os Ducks sofreram para se encontrar mas ainda sim fizeram uma grande temporada, "amarelando" para os Stars na primeira rodada dos playoffs. 2008/09 foi o início de um "pesadelo" na vida de Giggy, onde ele perdeu seu pai logo no início da temporada e desde aquele acontecido, nunca mais conseguiu retornar a grande forma que possuía. Jonas Hiller logo pegou o cargo de Giguere e conseguiu levar o time até uma improvável vitória sobre os Sharks nos playoffs, só sendo parado pelos Wings no jogo 7. 2009/10 chegou, e muito era comentado sobre como Giguere estaria mentalmente para encarar mais uma busca por títulos. Infelizmente, Giggy não conseguiu voltar ao grande ritmo que tinha. Giguere sai, mas sai de cabeça erguida e com certeza com um dever mais que cumprido pelos Ducks.


Conquistas e Recordes de Giguere pelos Ducks:
- Troféu Conn Smythe (2003)
- Copa Stanley (2006/07)
- Mais vitórias por um goleiro (183 de 2000 á 2010)
- Maior número de Shutouts (29)
- Mais assistências por um goleiro (6)
- Mais vitórias em uma temporada (36 em 2006/07)
- Mais shutouts em uma temporada (8 em 2002/03)

Giguere foi eleito mês passado como o melhor jogador dos Ducks na década. Desejo muito sucesso para Giguere em Toronto e que ele volte a ser o que sempre foi.


OBRIGADO POR TUDO, GIGUERE.



Giggy foi/é o jogador predileto deste blogueiro e um dos jogadores que o fez se apaixonar cada vez mais pelo esporte. Se sente triste por sua saída mas ao mesmo tempo feliz por ver todos os seus feitos e o que ainda pode ser feito, mesmo que por outro time.

4 comentários:

telerin disse...

É..Demorei uns 5 min para ´poder começar a comentar essa materia..sao dois sentimentos diferentes que sinto agora. primeiro de tristeza por ver a saida de um idolo, um belissimo goleiro, que por muitos anos fez o que o hiller esta fazendo agora, literalmente carregou o time nas costas. outro sentimento é o de felicidade, pois a saida dele foi boa pra ambos lados, la em toronto, ele com certeza sera titular, "bom pra ele" e com a saida dele, os ducks tera um cap maior pra poder investir no time, ja que como estamos vendo, giguere sera banco eternamente do hiller... o que desejo do fundo do coraçao ao giguere, é que ele seja muito feliz em toronto, e consiga voltar a ser o que era na epoca de gloria dele nos Ducks... obrigado por tudo giguere...nos torcedores dos Ducks, sempre vamos te respeitar e agradecer por tudo que fez pelo time...sucesso...

----------------------------------------------

agora bora comentar quem ta chegando...
por encrivel que parece, desde que começei a seguir a nhl, "nao so os Ducks", um goleiro que sempre quis no meu time, e muitas vezes compro ele no jogo nhl. È o toskala, fico feliz com a chegada dele, acho ele um bom goleiro, e acho q como pro giguere como pro toskala, ir pra outro time vai ser bom pra ambos. enquanto ao atacante jason blake, acho ele um bom atacante, mais prefiria que voltasse o beuchemin mais num vei fazer o que kkkkk...mais desejo aos dois sucesso no nosso Ducks...eh bora rumo aos playoffs...

gogogo ducks...
adeus giguere e obrigado...
bem vindo Toskala e blake...

obs..tamo virando filial do toronto agora..
lembrem o terceiro goleiro dos ducks o poggy veio de la tambem kkkkk


alcir leandro

Laranjeira disse...

MANGE TAKK!!!!!!!!!!!!!!!!
THANK YOU VERY MUCH !!!!!!
DÍKY ZA VSECHNO !!!!!!!!!!
HVALA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
OBRIGADO GIGUÈRE!!!!!!!!!!

Wakashimazu disse...

Eu já esperava por isso depois da notícia do Hiller.

Giguere está na história do clube, passou praticamente por todas as fases do time, menos a pior de todas no inicio, vinvenciou e teve papel importante em 2003 quando a "piada" virou uma realidade que incomoda e muito.

Obrigado por tudo Giguere, seja feliz no frio.

Tiago Elias disse...

OBRIGADO GIGUERE
assim tem os prós e os contras neh...
eu axo que foi uma boa troca,pelo momento, mas o giguere tem historia no ducks...
eu pessoalmente gosto muito do Toskala, mais acho que em vez do Blake, podia vir um defensor,a zaga ta triste...

Vaamos ver no que da...abraçoss

Tiaguinn

Postar um comentário